Pular para o conteúdo principal

Postagens

Paróquia São José Operário promove Festival de Prêmios, Participe!!!

Postagens recentes

Bispo Diocesano Dom Francisco Canindé Palhano visitará a Paroquia N.S das Dores (rajada)para celebrar o Crisma de 180 pessoas

Dom Francisco Canindé Palhano (Bispo da Diocese de Petrolina), estará no próximo sábado dia 15, na paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada no distrito de Rajada, Petrolina-PE. O Bispo diocesano irá celebrar a Crisma de 180 pessoas, estão confirmados para receber o Sacramento da Confirmação”Crisma”, fiéis de Petrolina, Afrânio e diversas comunidades pertencentes a área pastoral da paroquia Nossa Senhora das Dores (rajada). Alémdo Sacramento do Crisma, o bispo diocesano Dom Francisco Canidé Palhano presidirá a Santa Missa na Paróquia as 19:00hs.
Noticia reproduzida: Blog Paroquia Nossa Senhora das Dores - Rajada

CNBB publica Diretrizes Gerais para o quadriênio 2019-2023

A Conferência Nacional dos Bispos Brasil (CNBB) publicou nesta sexta-feira, 14, as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) para o quadriênio 2019 – 2023. A publicação integra a série Documentos da CNBB sob o nº 109. Trata-se do principal documento que o episcopado brasileiro aprovou durante a 57ª Assembleia Geral, realizada em Aparecida (SP), de 1 a 10 de maio. Para o quadriênio 2019-2023, as diretrizes foram estruturadas a partir da concepção da Igreja como “Comunidade Eclesial Missionária”, apresentada com a imagem da “casa”, “construção de Deus” (1Cor 3,9). Em tudo isso, as Diretrizes – aprovadas pelos bispos do Brasil – convidam todas as comunidades de fé a abraçarem e vivenciarem a missão como escola de santidade.
Leia mais
.: Dom Belisário comenta documento central da Assembleia Geral
Na apresentação da publicação, a presidência da CNBB ressalta que as diretrizes são o caminho encontrado para responder aos desafios do Brasil. A introdução da publicação de…

Pobres não são lixo humano, precisam de amor, diz Papa

“A esperança dos pobres jamais se frustrará” (Sal 9, 19): as palavras do salmista são o tema escolhido pelo Papa Francisco para o 3º Dia Mundial dos Pobres, que será celebrado em 17 de novembro. A mensagem do Santo Padre foi divulgada nesta quinta-feira, 13, pela Sala de Imprensa da Santa Sé.
data foi instituída pelo Pontífice em 2016 como fruto do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, por meio da Carta Apostólica “Misericordia et misera”, e se realiza desde então no domingo anterior ao da festa de Cristo Rei.
Em sua mensagem para a edição deste ano, Francisco faz uma comparação entre a situação do pobre no tempo do salmista e a situação atual e constata que pouco mudou.
“Passam os séculos, mas permanece imutável a condição de ricos e pobres, como se a experiência da história não ensinasse nada. Assim, as palavras do salmo não dizem respeito ao passado, mas ao nosso presente submetido ao juízo de Deus”, apontou.
Francisco cita as “muitas formas de novas escravidões”, como famílias obr…

São João de "Nóis Tudim" é novidade este ano na Comunidade Boa Nova

Papa aos peregrinos: “A vida é sagrada, pois é dom de Deus”

Francisco voltou a reiterar na Audiência Geral desta quarta-feira, 11, que a vida é sagrada desde a sua concepção até a morte natural
Ao saudar os peregrinos poloneses presentes na Audiência Geral desta quarta-feira, 12, o Papa Francisco recordou a Marcha pela Vida realizada no país no último domingo, 9. Segundo o Pontífice, a iniciativa carrega a mensagem de que a vida é sagrada, pois é dom de Deus.
“Somos chamados a defendê-la e servi-la desde a concepção no ventre materno até a idade avançada, quando ela é marcada pela enfermidade e pelo sofrimento. Não é lícito destruir a vida, torná-la objeto de experimentações ou falsas concepções. Peço-lhes que rezem para que a vida humana seja sempre respeitada, testemunhando assim os valores do Evangelho, especialmente no âmbito da família”, exortou Francisco.
No último domingo, milhares de pessoas participaram na Polônia da “Marcha pela vida”. Durante o evento – refere o Escritório de Imprensa da Conferência Episcopal polonesa – foi pedida em p…

Conflito étnico no Mali deixa quase 100 mortos

O povoado de Sobane-Kou,  região central do Mali, habitado pela etnia Dogon, foi praticamente destruído. Seus moradores brutalmente assassinados, degolados ou queimados. Entre as vítimas mulheres e crianças. Um verdadeiro massacre nesta região na fronteira com Burkina Faso,  há anos palco de disputas entre os Dogon – agricultores, de maioria cristã – e os Fulani, pastores nômades, de maioria muçulmana, acusados de cumplicidade com jihadistas.
Pobreza e falta de instrução entre as causas da violência
Entre estes dois grupos a oposição é atávica. E justamente neste contexto que os vários grupos islamistas, jihadistas, ativos no Sahel , encontraram terreno fértil para semear a violência. Segundo estudos das Nações Unidas e de outras organizações, o aumento exponencial da violência étnica - explica Marco Cochi, analista de geopolítica do “Gordio”, além de jornalista da revista Nigrizia - “é devido à pobreza, à falta de educação e, acima de tudo, à incapacidade dos Estados da região de garanti…